Tanganyica de 200 litros de André Luiz CaféO aquário do mês de Outubro de 2011 pertence a um "Prata da Casa", um aquarista que chegou no Forum AqOL há poucos meses mostrando dois de seus aquários, e logo de início impressionou a quem visitasse seu tópico com as belas fotos tiradas. Mais que belas fotografias, as belas imagens postadas sempre foram o reflexo da dedicação e capricho desse aquarista e nesse mês vamos falar do seu aquário de ciclídeos oriundos de um famoso lago africano, o Tanganyica.

Além da beleza, outra marca registrada de aquários de ciclídeos africanos costuma ser a simplicidade de sua montagem e manutenção. Com André Luiz Café não foi diferente, ele conta que não teve grandes obstáculos no início da montagem e com a ajuda de amigos, tudo aconteceu da maneira mais tranquila possível.

 

Filhotes de Neolamprologus multifasciatusO aquarista confessa que seu único problema foi obter os componentes indispensáveis para a montagem de um belo aquário de cilcídeos africanos: as rochas. Somente com o que possuia, não seria possível montar o aquário da maneira que desejava. Foi então que um certo dia, viajando pela Rodovia BR-101, André avistou rochas que o chamaram a atenção por possuírem o mesmo padrão das poucas que já tinha. Apesar do risco, André parou no acostamento e deu ré até chegar no local onde as pedras foram avistadas (muito cuidado ao fazerem isso!). Aí foi só sujar as mãos e encher o carro delas!

Café considera essa uma de suas melhores montagens até hoje e através dela conseguiu realizar mais um desejo, o de reproduzir uma das espécies que nele habitavam. Para isso bastaram algumas dicas de seu amigo Fábio Correa, que além das instruções, cedeu diversas conchas para André não só ornamentar o aquário como também propiciar um ambiente ideal para que a espécie Neolamprologus multifasciatus pudesse se reproduzir. Agora André busca alcançar o mesmo êxito com as demais espécies do aquário, sem comprometer o visual agradável e "Tanganiquês".

 

Dimensões: 100 x 40 x 50cm
Volume bruto: 200 litros
Tempo de funcionamento: 4 meses
Filtragem: 2 x Cannister Atman AT-3338 (1200 L/H cada).
Iluminação: 2 x fluorescente 32W Boyu T8.
Substrato: Areia.
pH: 9,2
GH: 10
KH: ?
NH3/NH4: 0 p.p.m.
NO2: 0 p.p.m.
NO3: ?
PO4: ?
Temperatura média: 27C
Alimentação: Sera Granulated p/ ciclídeos africanos carnívoros e artêmia congelada duas ou três vezes por semana.
Fertilização adicional: Não há.
Injeção de CO2: Não há.
Fauna: 7 Neolamprologus multifasciatus, 2 Julidochromis transcriptus, 1 Altolamprologus calvus, 1 Altolamprologus compressiceps e 2 Pomacea diffusa.
Flora: Vallisneria americana "Natans".
Informações adicionais: Adição de Seachem Tanganyica Buffer e Seachem Cichlid Lake Salt.
 
Sobre o autor:
Marne Campos
Autor: Marne Campos
Marne Campos, natural de Campinas-SP, é aquarista desde 1990 quando, aos 7 anos de idade, ganhou o seu primeiro aquário e se apaixonou completamente pelo aquarismo. Bacharel em Análise de Sistemas pela PUC-CAMPINAS e técnico em Eletro-Eletrônica pela UNICAMP, criou o projeto Aquarismo Online em 1999, além outras iniciativas ligadas ao aquarismo que vieram logo em seguida, entre elas a idealização do CBAP (Concurso Brasileiro de Aquapaisagismo) onde ocupou o cargo máximo por 12 anos. Dedica-se à aquários plantados desde 1998, tendo como principal área de interesse atualmente, a manutenção de ambientes aquáticos por longos períodos.