Criar um aquapaisagismo utilizando substrato com duas cores é muito simples. Basta ter criatividade e alguns materiais bem caseiros.

A Montagem do Substrato

Para dar o efeito substrato de duas cores utilizei os seguintes materiais:

  • AquaSoil Amazônia, que é o substrato escuro usado para esta montagem;
  • Areia fina clara do tipo Bright Sand, uma areia de cor clara e brilhante;
  • Papel cartão, sendo que quanto mais rígido melhor, pois facilitará no momento em que o substrato será colocado;
  • Pequenas pedras/rochas para serem usadas como escoras e manterem o papel cartão fixo no lugar. Estas devem ser usadas nos dois lados.


Três exemplos de como montar o substrato duas cores:


Figura 1 – Esquema da Montagem

Imaginemos que o quadro acima seja o aquário visto de cima. A linha separando em duas partes é o papel cartão apoiado pelas rochas ou qualquer outro material inerte com certo peso.

Desta maneira poderá ser feito um arranjo em U, como no caso acima, ou em V no quadro abaixo. Isso fica a critério de cada paisagista e de como pretende arranjar sua decoração.


Figura 2 – Efeito V

 

Ainda podemos utilizar o que chamo de estilo trilha, visto abaixo. Neste caso o procedimento é o mesmo, sendo necessário o uso de mais papel cartão para o segundo preenchimento e mais rochas.


Figura 3 – Efeito trilha

Em minha montagem optei por colocar primeiro o substrato escuro, no estilo rampa, deixando-o na altura desejada. A seguir é o momento do substrato mais claro, colocado da mesma maneira e seguindo a inclinação do substrato da parte posterior.

 


Figura 4 – Vista lateral do aquário, observe a inclinação do substrato.

Nessa fase é o momento de retirar as rochas. O cuidado para que não haja deslizamentos por baixo do papel cartão é muito importante. Retire-as devagar, primeiro o fundo e já usando alguma ferramenta para dar o toque final no nivelamento. Se puder segure com uma das mãos o papel cartão, pois ajudará muito para que o substrato posterior não escorregue. Da mesma maneira faça com o substrato claro, retirando as rochas devagar e nivelando.

O Paisagismo

Este momento é único, cada trabalho torna-se uma extensão do próprio paisagista, o que ele pretende transmitir em sua montagem, seja por conceitos aprendidos ou simplesmente por ter o que chamamos de “mão boa”. Mas devemos levar em consideração alguns princípios básicos:

1. Disposição do material inerte a ser usado (rochas, troncos) e dar preferência ao uso de materiais de mesma procedência. Por exemplo: rochas de mesma textura e cor;
2. Tamanho do aquário;
3. Plantas que serão utilizadas (atenção para cores, formas e texturas);
4. Peixes que habitarão o aquário. É muito importante este aspecto visto que uma escolha mal feita durante a seleção da fauna pode comprometer a harmonia do layout como um todo.

Seguindo o estilo Nature Aquarium de Takashi Amano, o layout pode ser feito de três formas:


1. Layout em U

 


2. Layout Ilha

 


3. Layout Triangular


A Montagem na Prática

Aqui apresento minha montagem, um pequeno passo a passo demonstrando na prática como utilizar os materiais indicados para obter o efeito substrato duas cores.
Vale ressaltar que o substrato utilizado no Brasil é perfeitamente viável. Utilizando areia de piscina com coloração escura e outra de tonalidade mais clara o efeito será praticamente o mesmo.
 

 


Foto 1 – aquário

 

 

 


Foto 2 – preparação do substrato no aquário
 

 


Foto 3 – nivelando substrato

 


Foto 4 – substrato finalizado


Foto 5 – substrato finalizado - lateral

 


Foto 6 – definição com materiais inertes

 


Foto 7 – aquário com as plantas

 


Foto 8 – aquário finalizado com fundo preto

 


Foto 9 – aquário finalizado lateral esquerda

 


Foto 10 – aquário finalizado lateral direita

 


Foto 11 – aquário frente

 

Colaboração: Alex Ribeiro
Ilustrações e fotografias: Magáli Otaki
Bibliografia: Nature Aquarium Guide – ADA Design 2003/2004
Revistas Aqua Journal – Publicações ADA (Aqua Design Amano)

 

 

{moscomment}
Sobre o autor:
Autor: Alex Ribeiro