Vai montar um aquário?

Este é o espaço do forum para sugestões, críticas, elogios, e tudo mais destinado ao desenvolvimento da Comunidade AqOL.

Moderador: Equipe AqOL

Regras do fórum
1 - Não escreva o título do tópico ou a mensagem dele toda EM LETRAS MAIÚSCULAS, negrito ou coloridas.
2 - Quando postar imagens, coloque o endereço delas entre as tags [img] e [/img*] (sem *)
3 - Quando postar endereços da internet, coloque entre as tags [url] e [*/url] (sem *)
4 - Não poste dois assuntos diferentes no mesmo tópico. Se quiser perguntar algo diferente do assunto do seu tópico, crie um novo.
5 - Não cite a mensagem anterior inteira. Você pode citar ou copiar algum trecho dela que achar importante enfatizar, mas ela inteira não tem sentindo algum.
6 - Tente escrever utilizando o português correto. Aqui tem uma boa dica para facilitar isso.
Avatar do usuário
Alexpf
Plantador
Plantador
Mensagens: 615
Registrado em: 06 Fev 2012, 15:49
Fotos no Portal AqOL: 0
Artigos publicados no Portal AqOL: 0
Localização: Porto Feliz/SP

Vai montar um aquário?

Mensagempor Alexpf » 20 Mar 2013, 09:16

Olá pessoas, esse é um texto que eu escrevi que deveria ter sido impresso colado no balcão/site da loja, para ajudar pessoas que queiram montar ( apesar que nesse quesito o video do Moisés é bem mais instrutivo :mrgreen: ) o seu aqua. Mas antes isso eu o envie para o Gehard, queria a opinião dele, se havia algo errado e oque poderia melhorar, mas como ele está meio inativo resolvi já compartilhar com todos =).
Deixo aberto à criticas, e conforme vai indo as opiniões eu posso ir editando ele para melhorar a qualidade do texto.

Segue abaixo o texto-ainda sem correção do português -

Quer montar um aquário?
Leia isso antes:
1- Veja quais peixes lhe agradam e pesquise se são compatíveis em relação ao PH, temperatura, alimentação, comportamento, litragem mínima do aquário (nada de kinguios em aquário com e menos de 100l e/ou misturado com peixes tropicais).
2- Fauna escolhida, a primeira coisa antes de comprar os peixes é montar o aquário, monte ele de acordo com as necessidades dos peixes escolhidos. Antes de levar os peixes para casa o aquário deve passar pelo período de ciclagem, basta liga-lo e manter funcionando por um período médio 30 dias. Você pode diminuir o tempo de ciclagem com aceleradores biológicos, com os produtos certos pode ser encurtado para menos de 7 dias. Independentemente do método de ciclagem, sempre povoe seu aquário aos poucos.
3- Equipamentos básicos, você vai precisar de:
• Filtro: o filtro deve ter uma vazão de pelo menos 5x o volume do aquário, ex.: se o aquário tiver 80l o filtro deve ter uma vazão mínima de 400l/h. Opte por um filtro externo (hang-on) ou canister, são filtros de ótimo Custo/Beneficio e de fácil manutenção e além de ter a possibilidade, de realizar a filtragem mecânica, biológica e química. Para aquários entre 70~100l uma ótima opção é o mini-canister, são pequenos, mas efetuam uma excelente filtragem nessa faixa de litragem. Já aquários acima de 100l a prefira canisters tradicionais, já que hang-on vão ter um baixo desempenho para aquários acima dessa litragem. Evite os Filtros Biológicos de Fundo (FBF) este é um tipo de filtragem ultrapassado e pouco eficiente. Filtros internos são bem vindos como filtros auxiliares (helpfilter), mas não como filtro principal.
• TPA: troca parcial de água. O aquário é um sistema fechado onde tudo tende a acumular ou se esgotar. A TPA servirá principalmente para retirar excessos de NO3 (não é totalmente decomposto pelas bactérias do filtro) já que em um aquário equilibrado NH4/NO2 estarão sempre zerados, ele é o único composto do ciclo do nitrogênio que ira se acumular, e também para repor alguns nutrientes (cálcio, por exemplo). TPA’s devem ser feitas a cada 7, 15 ou 30 dias dependendo da necessidade do sistema.
• Termostato com aquecedor: peixes dependem da temperatura da água para seu metabolismo funcionar corretamente, já que não podem gerar calor próprio, veja qual a é faixa de temperatura ideal para os peixes que vai manter. A potência do termostato deve ser de mínimo 1w/l, se a diferença da temperatura do ambiente e do aquário for de até 5°C abaixo da temperatura desejada, caso essa diferença seja maior você terá que usar um termostato mais potente.
• Testes: os testes servem para monitorar os vários parâmetros químicos da água, sendo os mais básicos:
PH: para saber se a água é neutra (ph 7.00) acida (abaixo de 7.00) ou alcalino (acima de 7.00). Basicamente o ph vai determinar qual fauna você vai pode colocar no seu aquário, se os peixes escolhidos forem de um ph diferente da sua água, terá que corrigi-lo usando um alcalinizante ou acidificante, até que chegue à faixa de ph ideal dos peixes.
Amônia (NH4/NH3): a decomposição da matéria orgânica pelas bactérias é inicio do ciclo do nitrogênio e após a decomposição da matéria orgânica, o primeiro produto gerado é a NH4. Altamente toxica mesmo em baixas concentrações, em um aquário estabilizado seu valor deve ser sempre 0,00.
Nitrito (NO2): é o segundo produto do ciclo do nitrogênio, é tão perigoso quanto a NH4. Seu valo também deve ser sempre 0,00.
Nitrato (NO3): terceiro e ultimo produto do ciclo, bem menos agressivo que os anteriores, é usado pelas plantas como nutriente, ajudando a manter seus valores baixos. Pode usar seu valor para determinar quando fazer a TPA. NH4/NO2 estando zerado, você pode realizar a TPA quando o NO3 chegar a 15mg/l. Se você não tem todos esses testes a TPA deve ser feita como explicado anteriormente.
GH: é a dureza geral, se refere a sais dissolvidos na água, principalmente cálcio e magnésio. Valores muito pobres de cálcio na água podem fazer peixes jovens ter um mau desenvolvimento do esqueleto, podendo causar deformações, e “doença do buraco na cabeça”. A falta de cálcio pode ser resolvida com os sais especifico para aquarismo de água doce. Quando o valo de GH é baixo, diz-se que a água é mole, e dura quando ao contrário. Alguns peixes como o Acará Disco, preferem águas mais moles, mas o valor nunca pode ser zerado.
KH: é a reserva alcalina da água, também chamada de dureza em carbonatos, confundindo muitos iniciantes com a dureza geral (GH). O KH define qual é estabilidade do seu ph, quanto maior o valor mais difícil vai ser mudar o ph atual. O valor recomendado é de entre 4 a 10 ° de kh. Valores abaixo de 4 podem ser resolvidos com sais específicos para aquarismo de água doce.
• Condicionadores: os condicionadores mais simples se resumem a isolar a molécula do cloro na água, tornando possível que os peixes vivam nela sem ser intoxicados por ele. Prefira os condicionares mais completos que além de eliminar no cloro e cloramina, neutralizam metais pesados, protegem a mucosa natural do peixe, e amenizam o estresse causado pelas manutenções ou transporte. Usando um anti-cloro não há a necessidade de ferver ou deixar a água em descanso para repor a água do aquário, já que sua ação é quase que imediata, para os inseguros podem aguardar 2 ou 3 minutos para utilizar a água. Condicionar a água não significa apenas anular o cloro, mas também ajustar o ph com o mesmo valor que do aquário, eliminar excesso de fosfatos, NH4 e se possível equalizar a temperatura.
• Mídia Biológica: serve “casa” para colônia de bactérias que decompõem a matéria orgânica em NH4>NO2>NO3, os 2 primeiros altamente tóxicos e o terceiro bem menos agressivo. Basicamente são essas bactérias que definem o equilíbrio do sistema, portanto não existe exagero para colocação de mídias biológicas no filtro desde que não prejudique a vazão, chame o “exagero” de margem de segurança. Recomendo que usem "Vidro-sinterizado", é uma mídia que foi desenvolvida especificamente para isso (colonização de bactérias), existem várias marcas, as mais baratas precisam ser trocadas numa proporção de 1/3 já que perdem eficiência com o tempo, notem que algumas tendem a alcalinizar a água durante os primeiros dias. Desconsidere mídias feitas de cerâmica (igual às de vela de filtro), os espaço colonizável delas é apenas externo, tornando ela uma mídia de baixa eficiência.
• Alimentação: a única coisa que você coloca no aquário todo dia é a ração, portanto não acho exagero dizer que ela responde por 60% da qualidade da água. Não adianta você filtro e mídias filtrantes top de linha, e dar “aquela ração baratinha”. Alimente seus peixes com ração de alta qualidade, isso ira refletir diretamente na qualidade de vida de todo o sistema, resultando em peixes de coloração mais viva, tendo maior chance de reprodução, diminuindo o risco de adoecerem e mantendo a boa qualidade da água por mais tempo. Geralmente você vai precisar de 4 tipos de alimentos:
Básica: que são oferecidos todos os dias deve suprir a necessidades alimentares de uma ampla variedade de peixes. Note que existem rações básicas para peixes tropicais (ex.: tetras, poecilídeos, ciclídeos americanos), para peixes de água fria (kinguios e carpas).
Vegetal: a maioria dos peixes são onívoros, o alimento vegetal vai suprir a necessidade de fibras e melhorando a digestão. Mesmo peixes carnívoros precisam de uma suplementação vegetal, para uma dieta mais saudável.
Proteico: para suprir as necessidades com relação à proteína animal. Nem sempre uma ração desse tipo vai conter uma concentração maior de proteína em si, mas sim mudar a sua fonte. A ração base tem um equilíbrio entre proteína animal (que deve vir de peixes, crustáceos e outros animais aquáticos) e proteína vegetal (geralmente algas, como spirulina). No caso esse tipo de ração vai ter uma maior quantidade de “carne” em sua composição.
Liofilizados ou vivos: alimento complementar de alto valor nutritivo pode ser oferecido para peixes que tenham dificuldade de aceitar rações, ou que estejam de recuperação de alguma doença, também oferecido como mimo. Evite alimentos vivos a não ser que você tenha 100% de confiança com relação à pureza dele. Não é raro os peixes ficarem doentes devido ao alimento vivo carregar algum patogênico consigo. A opção mais segura é o alimento liofilizado onde o alimento passa por um processo de desidratação, conservando praticamente todas as propriedades nutricionais, e eliminando qualquer risco de infecção.
Pesquise para saber qual é a melhor dieta para os peixes que mantém.
• Iluminação: para dar noção aos peixes de dia e noite. O tempo recomendado de iluminação é de 8~10h/dia, nunca mais que isso. Mais tempo de luz pode causar estresse e fatiga aos peixes.

É isso, como você pode ver, aquarismo se baseia em paciência e pesquisa. Leve esse ditado com você: “coisas boas acontecem ao longo do tempo, ruins de uma hora para outra, e incríveis quando menos você espera”. Ou seja, com o tempo investido em pesquisa você terá um belo aquário, com a pressa as chances de dar errado são imensas, e quando você acha que seu aquário está naquela monotonia desejável de sempre seus peixes estão procriando. Então não tenha pressa de montar o seu aquário, lembre-se que estará lidando com seres vivos, que não pediram para ser levados para sua casa, o mínimo que você deve fazer é dar a melhor qualidade de vida possível a eles!
Abaixo alguns sites para pesquisa/ e fonte para escrever este texto:
http://www.aquahobby.com.br – fórum sobre aquarismo com muito conteúdo, fichas de peixes, plantas e outros.
http://www.aquaonline.com.br – fórum e portal com notícias relacionadas à aquarismo, também com fichas de peixes e plantas.
http://www.aquaflux.com.br – outro ótimo fórum segue os moldes dos de cima.

Alex G. dos Santos Silva. 28/08/2013
Última edição por Alexpf em 23 Mar 2013, 16:57, editado 1 vez no total.
"Aquarismo: Não é tão fácil quanto se pensa, não é tão difícil quanto te falam e a teoria é mais complicada que a prática."
Alex G. dos Santos Silva

Avatar do usuário
Bruno Caron
Colaborador
Mensagens: 3860
Registrado em: 25 Jul 2012, 08:55
Fotos no Portal AqOL: 3
Artigos publicados no Portal AqOL: 0
Localização: Campinas - SP
Contato:

Re: Vai montar um aquário?

Mensagempor Bruno Caron » 20 Mar 2013, 10:03

Muito bom seu texto. Principalmente pela proposta de disponibilizar-se numa loja...

Com todo respeito, deixo meus pitacos...
* Talvez usar mais alguns termos básicos, uma vez que quem ler provavelmente tem o mínimo entendimento do assunto ( Amônia/NH4 ; TPA; Mídia Biológica...);
* Embora reconheço a importância, mas talvez não citar as marcas deixaria mais imparcial o texto;

No mais, só lhe devo os parabéns pela iniciativa!
(e sucesso na solução dessa questão com a loja :mrgreen: )

Avatar do usuário
Alexpf
Plantador
Plantador
Mensagens: 615
Registrado em: 06 Fev 2012, 15:49
Fotos no Portal AqOL: 0
Artigos publicados no Portal AqOL: 0
Localização: Porto Feliz/SP

Re: Vai montar um aquário?

Mensagempor Alexpf » 20 Mar 2013, 10:25

Então Bruno, como o texto foi originalmente feito pra ficar no balcão da loja, com o produto nele eu já apresento para o cliente :mrgreen:
Mas como agora vai ser menos comercial, vou alterar o siporax para "vidro-sinterizado". Mas vou deixar para fazer as alterações quando estiver em casa, assim
já acumulo mais opiniões ao longo do dia :roll:
"Aquarismo: Não é tão fácil quanto se pensa, não é tão difícil quanto te falam e a teoria é mais complicada que a prática."
Alex G. dos Santos Silva

Avatar do usuário
Xica
Equipe AqOL
Mensagens: 7881
Registrado em: 29 Jan 2010, 18:19
Fotos no Portal AqOL: 10
Artigos publicados no Portal AqOL: 4
Aquário do Mês do AqOL: 1
Localização: Curitiba-PR

Re: Vai montar um aquário?

Mensagempor Xica » 20 Mar 2013, 13:51

Sair da loja, Alex?
Depois leio seu texto com calma.

Abraços.

Avatar do usuário
Alexpf
Plantador
Plantador
Mensagens: 615
Registrado em: 06 Fev 2012, 15:49
Fotos no Portal AqOL: 0
Artigos publicados no Portal AqOL: 0
Localização: Porto Feliz/SP

Re: Vai montar um aquário?

Mensagempor Alexpf » 20 Mar 2013, 14:23

Essa segunda já devo começar no novo trampo :mrgreen:
"Aquarismo: Não é tão fácil quanto se pensa, não é tão difícil quanto te falam e a teoria é mais complicada que a prática."
Alex G. dos Santos Silva


Voltar para “Comunicados, Dúvidas & Sugestões sobre o AqOL”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante