Seu peixe vive em um grupo ou mantém apenas um ou dois indivíduos em seu aquário? Um estudo recente da Universidade James Cook (Austrália) e publicado no Journal of Experimental Biology  indica que peixes gostam de companhia, ficando mais calmos e menos estressados quando em cardumes.  O experimento foi realizado com peixes Donzela, que habitam a grande barreira de corais australiana, e comparou peixes mantidos em grupo com outros mantidos isolados.

Formação em cardume de peixes em mar abertoAo final de uma semana, os peixes mantidos em isolamento perderam peso em relação aos mantidos em grupo. A taxa metabólica (um indicador de estresse) foi medida e encontrou-se uma variação de 26% entre os peixes mantidos isolados com relação aos mantidos em grupo, ou seja: estar inserido em um cardume tem um efeito calmante sobre eles.

A maioria dos peixes vive em cardume mesmo que seja somente em uma fase de vida, notadamente quando alevinos ou juvenis. O nado de vários indivíduos de forma sincronizada leva o nome de schooling e é conseguido através dos sentidos da visão, audição, olfato e das vibrações percebidas através da linha lateral. Traz várias vantagens aos indivíduos componentes do grupo a começar pelo sentido de segurança e proteção contra predadores, uma vez que o movimento do grupo pode confundi-los dificultando que foquem em indivíduos específicos.

Mais indivíduos significa também mais possibilidades de encontrar alimentos, detectando com maior rapidez os locais onde estão disponíveis. Independente de quem encontre uma fonte de alimentos, todos irão se alimentar. Outro aspecto é a maior chance de encontrar um parceiro para a reprodução assim como o aumento da taxa de fertilização dos óvulos, garantia de continuidade da espécie. Finalmente, nadar em cardume reduz o atrito com a água, conservando a energia dos peixes.

Supõe-se ainda que os peixes que vivem em cardume observem erros e acertos uns dos outros, retendo este aprendizado na memória. Resumindo, mais do que evitar a solidão dos indivíduos, a vida em cardume significa segurança, garantida de alimentos e parceiros para reprodução.  Nem sempre temos condição de manter um cardume ou um grande grupo de peixes em nosso aquário, questão de espaço mesmo.  Mas agora, quando ler que aquele peixinho que deseja ter vive em cardume, já conhece os motivos para providenciar um pequeno grupo para ele, pelo menos cinco indivíduos.

Fonte: Folha de S. Paulo (Ambiente)

Sobre o autor:
Solange Nalenvajko
Autor: Solange Nalenvajko
Solange Nalenvajko, mais conhecida como Xica, é natural de Curitiba-PR e aquarista desde 2010, época em que começou a estudar e planejar o que chamou de "seu primeiro aquário de verdade", daí para diante foi puro amor pelo hobby. Sua paixão e alvo de maior dedicação sempre foram os Kinguios ou "Gordos" como gosta de chamar, em geral mantidos em aquários com plantas naturais e de baixa manutenção. Uma das pessoas mais carismáticas do AqOL, é formada em Administração de Empresas pela FAE, atualmente ocupa a posição de Rainha do Lar convivendo com a nobreza.