Quarto submerso em tanque de tubarões do Aquário de ParisDe certa forma, vou fazer propaganda de uma empresa e juro que não recebi nada por isso, nem um descontinho em uma hospedagem! Porém, acredito que você também vai achar a idéia do Airbnb bem legal, principalmente porque, assim como eu, deve "gostar pouco" de aquários.

A empresa de hospedagem que mais cresce no mundo, está com mais uma de suas promoções "diferentonas", dessa vez eles estão oferecendo uma estadia no tanque de tubarões do Aquário de Paris! Para quem também  não conhecia esse Aquário, saiba que ele foi inaugurado em 1867, fica em frente à Torre Eiffel e foi o primeiro aquário público do mundo! A empresa responsável pela promoção diz que a hospedagem será em um tanque de três milhões de litros de água salgada com aproximadamente 35 tubarões de diversas espécies, onde você ficará em um quarto totalmente submerso protegido por uma parede transparente e panorâmica de 360 graus!

A hospedagem ocorrerá nos dias 11, 12 e 13 de Abril de 2016 e inclui um jantar no corredor de observação do aquário, algumas horas de informações sobre os tubarões, o que comem, como vivem e sua importância para o equilíbrio dos oceanos, além de uma demonstração de Fred Buyle, recordista mundial de mergulho livre, apaixonado por tubarões, que mergulhará com os animais e os apresentará aos hóspedes. Após a promoção, a estrutura será mantida como mais um ponto de observação do aquário.

Nesse momento você deve estar achando a ideia muito legal, porém longe da sua realidade, certo? Errado! Além da hospedagem, os sorteados terão direito a um vôo até Paris, à partir de qualquer parte do mundo!

Mais informações e inscrição no concurso: Airbnb

Sobre o autor:
Marne Campos
Autor: Marne Campos
Marne Campos, natural de Campinas-SP, é aquarista desde 1990 quando, aos 7 anos de idade, ganhou o seu primeiro aquário e se apaixonou completamente pelo aquarismo. Bacharel em Análise de Sistemas pela PUC-CAMPINAS e técnico em Eletro-Eletrônica pela UNICAMP, criou o projeto Aquarismo Online em 1999, além outras iniciativas ligadas ao aquarismo que vieram logo em seguida, entre elas a idealização do CBAP (Concurso Brasileiro de Aquapaisagismo) onde ocupou o cargo máximo por 12 anos. Dedica-se à aquários plantados desde 1998, tendo como principal área de interesse atualmente, a manutenção de ambientes aquáticos por longos períodos.