O ano de 2015 com certeza foi um ano triste para o aquarismo. Talvez a perda mais emblemática em termos mundiais tenha sido a de Takashi Amano, o principal popularizador do aquapaisagismo no mundo, porém as perdas foram ainda maiores se falarmos de Brasil, onde o aquarismo nacional deixou de contar com nomes como Fábio Ozório, idealizador do site Forumaquario e Maurício Xavier proprietário da empresa Aquamazon, uma das mentes mais brilhantes e criativas que conheci nos últimos anos.

Cléber BaranComo se não bastasse, faltando menos de 30 dias para o encerramento de 2015, o aquarismo brasileiro sofreu mais uma perda dolorida, com o falecimento, nesta quarta-feira (02/12/2015), de Cléber Baran, proprietário da Baran Discos Comércio de Peixes Ornamentais Ltda.

Cléber (20/06/1971 - 02/12/2015) havia sofrido um AVC (acidente vascular cerebral) no último dia 13/11, horas após retornar da expedição ao Alto do Nhamumdá, organizada por sua empresa em parceria com a Santarém Discus, a qual tinha exclusividade na comercialização dos seus Discos Selvagens no Brasil. Desde então, o aquarista e comerciante estava hospitalizado em situação delicada, até chegou a realizar os procedimentos cirúrgicos necessários, porém não resistiu e nos deixou 19 dias após o AVC.  A causa principal da morte ainda não foi divulgada, porém pode ter sido uma combinação de fatores que contribuiram para a fatalidade, entre eles o fato do acidente ter ocorrido em uma região do país com situações precárias de saúde e um atraso na liberação do plano de saúde de Cléber para a realização dos procedimentos necessários. Durante os últimos dias, amigos de Cléber divulgaram diversas informações nas redes sociais e houve uma mobilização de centenas de aquaristas para pressionar a operadora do plano de saúde de Cléber por maior agilidade e até uma tentativa de arrecadar fundos para um eventual financiamento dos custos médicos, que alcançavam a cifra de quase cem mil reais

Baran sempre foi conhecido pela sua experiência no manejo de Acarás Disco, mas seu maior destaque talvez tenha sido o seu canal da empresa no YouTube, onde com seu jeito carismático, literalmente "vendia seu peixe" como ninguém. Tive o prazer de conviver com ele durante a incrível expedição que antecedeu o fato e o que puder perceber é que Cléber Baran era uma pessoa "do bem" sempre brincalhão e apaixonado pelo que fazia, enfim, uma grande perda em todos os sentidos.

Sobre o autor:
Marne Campos
Autor: Marne Campos
Marne Campos, natural de Campinas-SP, é aquarista desde 1990 quando, aos 7 anos de idade, ganhou o seu primeiro aquário e se apaixonou completamente pelo aquarismo. Bacharel em Análise de Sistemas pela PUC-CAMPINAS e técnico em Eletro-Eletrônica pela UNICAMP, criou o projeto Aquarismo Online em 1999, além outras iniciativas ligadas ao aquarismo que vieram logo em seguida, entre elas a idealização do CBAP (Concurso Brasileiro de Aquapaisagismo) onde ocupou o cargo máximo por 12 anos. Dedica-se à aquários plantados desde 1998, tendo como principal área de interesse atualmente, a manutenção de ambientes aquáticos por longos períodos.