O Peixe Gato de Vidro é uma verdadeira aula de anatomia, com seu couro e musculatura quase transparente, e seu comportamento calmo, é possível observar a maioria dos seus orgãos funcionando.
 Mais uma característica interessante deste peixe, mas para olhos mais atentos, é que ele possui sim nadadeira dorsal, mas esta é formada por apenas um raio, enquanto que a anal é formadas por dezenas, pegando toda a extensão inferior do corpo do peixe.

É uma boa opção para aquários comunitários com pH levemente alcalino (7,2), já que possui comportamento pacífico; prefere aquários com densa vegetação reproduzindo seu habitat natural, as águas calmas e com rica flora do sudeste asiático, dessa forma encontrará abrigo entre as plantas toda vez que se sentir assustado com algo.

Os peixes para dividirem o aquário com o Peixe Gato de Vidro devem ser tão pacíficos quanto ele, peixes muito agitados ou agressivos podem fazer com que o nosso peixe transparente se sinta intimidado.

 Prefere águas com temperatura em torno de 25ºC e dureza em torno de 10ºdH.Caso deseje manter o Peixe Gato de Vidro em seu aquário, dê preferência para grupos de no mínimo 5 exemplares, pois na natureza eles vivem em grupos.

A reprodução em cativeiro é quase desconhecida, já existem criações comerciais mas as técnicas não são muito difundidas, sendo que a dificuldade começa pelo fato de não haver dimorfismo sexual aparente. A eclosão deverá ocorrer em 24 horas, o aquarista só deve se preocupar com a alimentação dos alevinos após o terceiro ou quarto dia de vida pois é quando eles terão terminado de consumir o saco vitelino, então ofereça infusórios, náuplios de artêmias, micro-vermes etc. Em dois meses já devem estar aceitando alimentação normal e poderão conviver com peixes adultos contanto que não caibam em suas bocas. Os adultos aceitam todo o tipo de alimento, ração industrializada, artêmia salina, tubifex etc.

Fotografias: Celso Fernando Paris Júnior 

Nome científico: Kriptopterus bicirrhis
Origem: sudeste asiático
pH: 7,0 a 7,4
Temperatura: 25ºC
Dureza: 10 dH
Tamanho adulto: 10cm
Tamanho do aquário: 100L
Alimentação: onívoro
Reprodução: ovíparo
Sobre o autor:
Marne Campos
Autor: Marne Campos
Marne Campos, natural de Campinas-SP, é aquarista desde 1990 quando, aos 7 anos de idade, ganhou o seu primeiro aquário e se apaixonou completamente pelo aquarismo. Bacharel em Análise de Sistemas pela PUC-CAMPINAS e técnico em Eletro-Eletrônica pela UNICAMP, criou o projeto Aquarismo Online em 1999, além outras iniciativas ligadas ao aquarismo que vieram logo em seguida, entre elas a idealização do CBAP (Concurso Brasileiro de Aquapaisagismo) onde ocupou o cargo máximo por 12 anos. Dedica-se à aquários plantados desde 1998, tendo como principal área de interesse atualmente, a manutenção de ambientes aquáticos por longos períodos.