Podemos aproveitar minhocas grandes que encontramos até mesmo nos jardins de nossas casas como alimento para peixes pequenos, basta fazer um "floculado" de minhocas.

Estarei mostrando neste artigo, como prepará-las para servirem de complemento alimentar para a dieta dos peixes ornamentais de nossos aquários.

 

Pote fechado com pano

Pote com papel

Coloque as minhocas durante um ou dois dias em um pote com papel tolha ou folhas de alface, ou em um pote sem nada, forçando a saída dos resíduos alimentares "impuros" do seu tubo digestivo.

 

Pote com minhocas

Retire de tempos em tempos a "terra" formada.

 

Minhocas sendo lavadas

Depois lave bem as minhocas em água corrente.

 

Minhocas mergulhadas em água

Deixe-as submersas por 30 minutos em pote/copo com água limpa (para retirar demais impurezas).

 

Agora chegou a hora do abate!!!

 

Minhocas mergulhadas em álcool

Passe para um pote com (ou troque a água por) uma solução de três partes de álcool para sete de água (que vai dar uma proporção de álcool a 20%), para além de anestesiar/matar as minhocas, faze-las expelir o líquido celomático (de cor amarelada) responsável pelo odor desagradável das mesmas.

 

Minhocas mergulhadas em vinagre

Após aproximadamente três minutos coloque as minhocas em um recipiente com água limpa, enxágua-se novamente e coloca-se em outro recipiente contendo uma solução com ácido acético 5% (vinagre), deixando durante três minutos (para esterelizar).

 

Minhocas sendo lavadas

Lava-se novamente com muita água. Coloque em uma peneira (para facilitar a saída do excesso de água).

Deixe por alguns minutos!!

 

 

Minhocas dentro de uma forma de metal

Estufa

Para utilizar as minhocas basta secá-las em uma forma de metal (tampada) SEM PAPEL! Exposta ao sol (ou em uma estufa como o apresentado).

O tempo varia, mas quando estiverem bem secas estão prontas para a última etapa.

 

Minhocas desidratadas

Agora basta moer, usar um liquidificador ou até mesmo esmigalhar na mão.

Pode-se usar uma peneirinha para "ajustar o diâmetro" dos grãos.

 

Guarda-se na geladeira.

 

Existe perda de material, restando 25% (ou 1/4) do peso das minhocas vivas.

 

 

 

 

 

Sobre o autor:
Autor: Eduardo Gerhardt