Vou começar esse texto com uma questão: - Você já se perguntou por que alguns ciclídeos africanos possuem aquelas "bolas" coloridas desenhadas em sua nadadeira anal?

Egg spots (Marcas de ovo)Será que elas estão lá somente para deixar os peixes, que normalmente já são bem coloridos e atraentes para os aquaristas, ainda mais irresistíveis para nós? A resposta é não! Essas marcas, também conhecidas como Egg spots e que até lembram "tatuagens" nos peixes, tem um propósito muito maior, que não deixa de ser a atração, porém vai muito além de se obter a contemplação de nós, seres humanos.

Marcas em formatos circulares estão presentes em espécies de diversas partes do mundo, entre os ciclídeos sul-americanos, a mais famosa talvez seja a da cauda do Oscar (Astronotus ocellatus). Acredita-se que aquela mancha redonda que o peixe possui, também chamada de ocelo, é uma forma de confundir predadores, assim como muitos insetos fazem. Os predadores possuem o instinto de atacar sempre a cabeça da sua presa, diminuindo assim as chances de fuga. Ao se deparar com uma presa que possui essa marca redonda na cauda, ele tende a ficar confuso, acreditar que aquilo é um olho e consequentemente o lado que ele deve atacar. Ao escolher o lado errado, a presa pode perder um pedaço da nadadeira, que normalmente se regenera mais tarde, e bater em retirada! Esse mesmo artifício é utilizado pelo seu "primo", o Tucunaré (Cichla ssp.).

Bom, mas não estamos aqui para falar disso, vamos voltar aos Egg spots e ao continente africano. 

Ciclídeo africano com egg spotsOs Egg spots ou "Marcas de ovo" não servem para escapar de predadores, pelo menos essa sua utilização não foi observada até hoje, apesar de que até poderiam servir. Ao contrário disso, eles possuem uma função fundamental para o sucesso reprodutivo de algumas espécies de peixes dos grandes lagos africanos!

O primeiro item a se considerar quando falamos de egg spot, é que eles estão presentes predominantemente nos machos, fêmeas de ciclídeos africanos não costumam possuir essa característica, porém em populações onde só há fêmeas, o peixe dominante pode cortejar outras fêmeas como se fosse um macho e nesse caso até chegar a desenvolver osegg spot. Mesmo na presença de machos dominantes algumas fêmeas alfas podem apresentar essa marca, talvez como forma de tirar o foco das demais fêmeas sobre o macho alfa. A cor dos egg spot varia entre o amarelo e um tom avermelhado, justamente a cor dos ovos desses peixes. Até aí, você já devia imaginar, já que a tradução do termo em inglês "egg spot" para o português é justamente "Marca de ovo", porém por que o macho teria uma "tatuagem de ovos" em sua nadadeira anal? Seria uma homenagem à sua prole, como muitos seres humanos fazem ao tatuar o nome ou até a foto de "suas crias" em seu corpo?

A resposta é bastante interessante e pouca gente deve ter pensado nisso!

Essas espécies de peixes também são conhecidas como "Mouthbreeders" ou "Criadores de Boca", isso significa que eles criam seus filhotes dentro da própria boca, desde quando ainda estão dentro dos ovos, até os primeiros dias após a eclosão. Nem todos os "Mouthbreeders" possuem os "egg spots", o Aruanã (Osteoglossum bicirrhosum) é uma prova disso, porém todos os peixes que os possuem são "Mouthbreeders".

Assim que saem dos ovos, os filhotes dessas espécies permanecem dentro da boca da mãe, que toma todo o cuidado para não devorá-los acidentalmente. Aos poucos os pequenos começam a se aventurar do lado de fora, em curtos passeios e retornando imediatamente a qualquer sinal de perigo, quando sua mãe institivamente os "abocanha". Sabendo que as fêmeas possuem esse instinto, a natureza foi muito sábia e achou uma forma de aumentar a taxa de sucesso na reprodução dessas espécies.

Agora vem a parte mais interessante!

Ciclídeo africano com egg spotsVamos voltar um momento antes da eclosão dos ovos, quando as fêmeas ainda estão na fase da desova. Após elas desovarem, imediatamente guardam os ovos na boca, mesmo que não estejam fertilizados, o macho, se aproveitando desse comportamento, exibe sua nadadeira anal para ela, aquela que possui a "tatuagem" dos egg spots. Seguindo seu instinto, a fêmea tende a abocanhar as marcas como se fossem seus ovos, ovos que supostamente ela deixou escapar. Nesse momento, o macho libera os espermatozóides e ela acaba engolindo uma boa porção deles. Espermatozóides com ovos, nós já sabemos o que acontece. Os ovos são fertilizados dentro da boca da fêmea, com uma taxa bem maior de sucesso, já que o espaço onde tanto eles como os espermatozóides ficam é reduzido, diminuindo radicalmente a chance de dispersão. Ovos fecundados, aí é só aguardar o desenvolvimento e o posterior nascimento dos filhotes!

Por essa eu acredito que você não esperava, certo? Mais observações interessantes podem ser feitas sobre os egg spots. Se engana quem pensa que peixes não possuem gosto pessoal! Em algumas espécies a presença de vários egg spots na nadadeira anal do macho é mais apreciada pela fêmea e eles se tornam os "garanhões do pedaço", enquanto os que possuem um número menor de marcas, acabam tendo que se contentar com o que sobrar. Já em outras espécies, as fêmeas parecem preferir machos com um único e grande egg spot, nessas espécies, são machos assim que se dão bem! Há ainda um terceiro grupo de espécies onde a predileção das fêmeas varia de individuo para indivíduo, não sendo uma regra da espécie elas se sentirem mais atraídas por machos com muitos ou uma única marca!

Incrível como a natureza pode nos surpreender, não? Só um lembrete, antes de correr no tatuador para fazer a sua tatuagem, vale pesquisar primeiro qual é a predileção das fêmeas do seu bairro!

Sobre o autor:
Marne Campos
Autor: Marne Campos
Marne Campos, natural de Campinas-SP, é aquarista desde 1990 quando, aos 7 anos de idade, ganhou o seu primeiro aquário e se apaixonou completamente pelo aquarismo. Bacharel em Análise de Sistemas pela PUC-CAMPINAS e técnico em Eletro-Eletrônica pela UNICAMP, criou o projeto Aquarismo Online em 1999, além outras iniciativas ligadas ao aquarismo que vieram logo em seguida, entre elas a idealização do CBAP (Concurso Brasileiro de Aquapaisagismo) onde ocupou o cargo máximo por 12 anos. Dedica-se à aquários plantados desde 1998, tendo como principal área de interesse atualmente, a manutenção de ambientes aquáticos por longos períodos.