Teste de pH (Acidez)

Testes para aquáriosO que significa o valor de pH?
O valor de pH ou o "grau de acidez" indica em que medida uma água é ácida ou básica (alcalina). Esta é uma medida para a concentração dos componentes ácidos ou básicos numa solução aquosa. A água pura reage de forma neutra e possui o valor de pH 7. Se, as partículas ácidas dominarem, então o valor de pH desce para menos de 7. Se, ao contrário, os componentes alcalinos estiverem em maioria, então o valor de pH sobe para mais de 7.

Qual é o melhor valor de pH?
Nos aquários de água doce, o melhor valor de pH para a maioria dos peixes fica entre 5.8 e 7.2. Muitos organismos reagem de forma altamente sensível a grandes oscilações do valor de pH. Devem-se evitar descidas e subidas bruscas.


Teste de GH (Dureza)

O que significa dureza de carbonatos?
A dureza total GH indica-nos a quantidade de sais de magnésio e cálcio dissolvidos na água. Se a quantidade destes sais for pequena, dizemos que a água é mole; se a quantidade for grande, dizemos que a água é dura. Na maior parte das vezes, a indicação é dada em graus de dureza alemã (ºdH), sendo 1º dH equivalente a 10 mg de óxido de cálcio dissolvido num litro de água. A concentração destes sais na água influência as funções orgânicas dos peixes e das plantas.

Qual é o melhor valor para a dureza total?
Isso depende dos tipos de peixes. Muitas espécies africanas (por exemplo APHYOSEMION) e asiáticas (por exemplo TRICOGASTER) suportam bem a água dura. Os sul-americanos, pelo contrário, precisam de água mole para se sentirem bem. Uma dureza de 3-10ºdH é considerada uma dureza muito boa para os aquários de água doce. Pesquise qual a dureza correta para os seus peixes.


Teste de KH (Alcalinidade)

O que significa KH?
KH ou reserva alcalina é a quantidade de íons de carbonato hidrogenado dissolvido na água do aquário. Sua quantidade está intimamente ligada com o valor de pH, onde os carbonatos hidrogenados assumem uma função de tampão impedindo que haja variações repentinas de pH.


Teste de Nitrito/Nitrato

Qual o significado do valores de nitritos e de nitratos?
Os ions de nitrito(NO2-) e de nitrato(NO3-) resultam do processo de nitrificação, que se inicia com a formação de amônia e termina com a formação de nitrato que poderá ser absorvido pelas plantas ou algas do aquário. A formação de nitritos (tóxico) constitui uma etapa intermediária do processo de nitrificação altamente tóxica para os peixes e moluscos. O seu efeito fisiológico consite em impedir que as moléculas de hemoglobina contidas nos glóbulos vermelhos do sangue fixem o oxigênio, impedindo assim a respiração celular com a consequente morte dos tecidos celulares pela falta de oxigênio. Normalmente o ion de nitrito (tóxico) formado a partir do ion de amônia é rapidamente oxidado pelas bactérias nitrificantes, formando um ion de nitrato comparativamente não tóxico. Se o processo de oxidação pelas bactérias for inibido, como por exemplo a introdução de novo material filtrante, pode ocorrer um aumento desfavorável de concentração de nitritos(tóxico).

O nitrato constitui a etapa final da nitrificação e exerce um efeito tóxico menor nos peixes e moluscos, porém ainda prejudicial para os corais vivos marinhos em concentração alta. A concentração de nitratos no aquário resulta em primeira instância das proteínas existentes dos restos de alimentos, assim como dos excrementos e dos processos de decomposição orgânica. Normalmente as concentrações de nitratos existentes no aquário não tem efeitos tóxicos. Porém nos aquários de água salgada se existirem concentrações muito elevadas de nitratos, podem resultar num crescimento menor, nulo e até a morte dos corais mais sensíveis. Outro problema será o aparecimento e crescimento de algas indesejáveis.

Quais valores de nitritos podem ser considerados seguros?
Para água doce geralmente as concentrações seguras oscilam normalmente entre 0.02 e 0.10 mg/litro de nitritos, muito embora não devam exceder os 0.05 mg/l.

Quais valores de nitratos podem ser considerados perigosos?
Geralmente para água doce as concentrações ótimas de nitratos situam-se abaixo de 20 mg/l. Tendo em conta o tipo e densidade de ocupação de animais, concentrações de até 80 mg/l poderão ser toleradas. Contudo concentrações superiores a 100 mg/l devem ser evitadas. Neste contexto tem de ser tido em conta o papel dos nitratos como nutrientes para plantas e a importância de um ótimo potencial redox. As plantas em bom estado frequêntemente estão associadas a valores de nitratos muito elevados devido às plantas não poderem utilizar esta fonte de nitrogênio em condições de potencial redox muito alto.

 

 

 

Teste de Amônia/Amônio

O que significa concentração total de amônia?
O ion de amônia resulta da mineralização do azoto (nitrogênio). O azoto ligado organicamente nos restos de comida e nos excrementos (por exemplo: proteínas) é transformado pelas bactérias que separam albumina, sendo libertado sob a forma de ions inorgânicos de amônio NH4+ e amoníaco NH3-. Para valores de pH inferiores a 7.0 predominam os ions de amônia, enquanto que para valores de pH superiores a 7.0 predomina cada vez mais o amoníaco.

O amônio é muito perigoso na medida em que afeta severamente o processo respiratório. Penetra facilmente nas células, fazendo subir o pH e bloqueando as funções vitais. As plantas aquáticas usam o ion de amônio como fonte de azoto. Num aquário saudável e bem estabelecido, os ions de amônio oxidam-se rapidamente, convertendo-se em nitritos em seguida em nitratos, por ação de bactérias nitrificantes. Se esta cadeia do processo for quebrada, pode ocorrer uma subida repentina da concentração de ions amônio.

Qual concentração de amônia é inócua?
No que diz respeito a água doce e pH ácido ou levemente alcalino, em condições normais, 0,1 mg/l é tido como uma concentração total de amônia normal, não devendo ser ultrapassado o limite máximo de 0,5 mg/l.

Sobre o autor:
Autor: Thiago Benedicto